Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

At 9,1-20: Esse homem é o instrumento que escolhi para anunciar o meu nome aos pagãos.

Sl 116, 1. 2 (R. Mc 16,15): Ide, por todo o mundo, e a todos pregai o Evangelho.

Jo 6,52-59: A minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida.

Naquele tempo: Os judeus discutiam entre si, dizendo: 'Como é que ele pode dar a sua carne a comer?' Então Jesus disse: 'Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre.' Assim falou Jesus, ensinando na sinagoga em Cafarnaum.

Comentário

O evangelho de João continua aprofundando o tema de Jesus verdadeira comida. Esta insistência deve ser assumida de maneira crítica e profética. Devemos fazer várias perguntas: Por quê no tempo da Páscoa se insiste tanto em Jesus como verdadeira comida? Que sentido tem para a vida de um cristão assumir a Jesus como o verdadeiro alimento que dá a vida eterna? Se somos capazes de compreender a lógica pascal, então podemos começar o itinerário de adesão total ao projeto de Deus. Neste tempo de Páscoa a Igreja nos convida a assumir com critério evangélico o Crucificado-Ressuscitado. O cristão é chamado a aceitar a Jesus, morto na Cruz e Ressuscitado pelo amor infinito do Pai, com toda a mente, sentimentos e ação. Desta maneira o  batizado começa nesta história a viver sinais da vida eterna que Deus oferece a todos os que aceitam a Jesus como Aquele que revela o mistério do Pai. Que nesta Páscoa nos disponhamos a comer o projeto de Jesus para que sejamos como ele.

Santo do Dia

S. Hildegonda

? 1188 ? \"Hildegonda? quer dizer \"guerra?

Hildegonda passou a vida travestida de homem, sendo por todos conhecida por \"Irmão José?. Segundo seu biógrafo, o abade Engelhard, a mãe morreu ao dar à luz e o pai, temendo pela sua vida, fez a promessa de levá-la em peregrinação à Terra Santa. Por segurança, vestiu-a com roupas masculinas e lhe deu o nome de \"José?. Com a morte do pai, ficou à mercê da sorte, só conseguindo a duras penas regressar à terra natal, Colônia. Na guerra de Barba Roxa contra o papa Lúcio III, o bispo de Colônia o enviou a Roma com a incumbência de fazer chegar ao papa informações secretas no oco de um bastão. Cumprida a missão, retornou ao mosteiro de Schoenau, onde faleceu em 1188. Ao preparar o corpo para o sepultamento, descobriram sua verdadeira identidade.

Calendário - Serviço Bíblico